Inicial ARTIGOS Como funciona a auditoria na Igreja Adventista do Sétimo Dia

Como funciona a auditoria na Igreja Adventista do Sétimo Dia

11 minutos de leitura
0
0
207

Entenda um pouco mais a respeito do serviço de auditoria e a importância deste tipo de trabalho para fortalecer a transparência. O trabalho de auditoria é extremamente importante e reconhecido em muitas organizações, como a Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Transparência e governança ética são dois conceitos cuja valorização se intensificou bastante nos últimos tempos nas organizações de todo o planeta. Com o avanço tecnológico e o acesso rápido a dados e informações globais, as pessoas esperam ter segurança nas organizações com as quais se relacionam. E isso é ainda mais válido no caso de uma igreja, que tem como um dos elementos reputacionais mais importantes a credibilidade.

O especialista em transparência e comunicação, professor Manoel Marcondes Neto, disse em entrevista à Agência Adventista Sul-Americana de Notícias (ASN) que “por gozar de certas situações especiais nos campos fiscal e societário, as organizações religiosas precisam saltar à frente de empresas e governos no quesito transparência gerencial porquanto dependem de dotações e doações de terceiros submetidos a rígidos padrões de compliance”.[1]

Em um boletim da sede mundial adventista, divulgado em 2022, o atual tesoureiro da Igreja Adventista do Sétimo Dia em âmbito global, Paul Douglas, enumerou alguns desafios para a igreja diante de um cenário mundial de incertezas. Entre os desafios, ele citou que está o de “administrar as incertezas causadas por conflitos geopolíticos, instabilidade nas moedas e modificações na legislação”.[2] Ou seja, a Igreja Adventista está ciente da insegurança mundial geral, porém atua para reduzir esses riscos.

E um dos processos adotados é um programa de transparência baseado em um sistema de auditoria. Tal sistema atua tanto nas congregações locais quanto nas instituições. Resolvemos entender melhor o serviço de auditoria em uma conversa com o diretor de Auditoria da sede sul-americana adventista, Márcio Luz da Silva.

O que é o serviço de auditoria?

Em linhas gerais, como funciona a auditoria realizada pela Igreja Adventista do Sétimo Dia, especialmente em nível institucional?

Conceitualmente, a auditoria pode ser definida como um exame analítico e pericial que visa confirmar operações contábeis expressas em um balanço, verificar controles internos das Entidades, bem como, avaliar riscos.

Na Igreja Adventista do Sétimo Dia, a auditoria é um importante departamento responsável pela confirmação e confiabilidade de dados das atividades desenvolvidas em diversos outros departamentos da igreja. E tem, ainda, o objetivo de averiguar se elas estão de acordo, por exemplo, com os princípios e normas contábeis, O Regulamento Eclesiástico/Administrativo, votos de comissões, etc.

Existem diversos tipos de auditoria nos diversos setores de atuação da Igreja. Em alguns casos, auditores externos são contratados para suprir exigências legais de determinadas linhas de atuação, como por exemplo, o departamento de Educação.

Existe o serviço de auditoria Interna nas entidades da Igreja, atuando preventivamente para testar e detectar, caso hajam, falhas em processos, controles internos, etc.

Já o serviço de auditoria da sede mundial adventista, apesar de ser denominacional, possui características que o definem como um serviço independente, gerenciado diretamente pela Associação Geral da Igreja Adventista do Sétimo Dia e sem qualquer vínculo com a entidade auditada.

Importância

Por que esse tipo de serviço é realizado e qual a importância em se tratando de uma organização que necessita prestar contas do que faz?

A Igreja Adventista do Sétimo Dia possui um complexo e organizado sistema de governança e sistemas computacionais próprios. Além disso, é mundialmente reconhecida por sua organização e transparência. Este reconhecimento é fruto especialmente da forma com que a igreja trata os recursos, seguindo sempre a vontade do doador, com recibos auto-auditáveis (com verificação on-line de autenticidade). E segue, também, leis e normas vigentes, e em especial, a Deus, que é o líder supremo desta igreja.

Neste cenário, todos os níveis de auditoria são importantes para certificar que haja uma dupla confirmação nos principais setores e atividades da igreja, garantindo assim, que os recursos sejam devidamente empregados.

Igrejas locais

E no nível das igrejas locais, como tem funcionado a auditoria?

A igreja trabalha com voluntários realizando tarefas em igrejas locais, porém, a despeito de serem voluntários, existe um serviço profissional sendo realizado em nossas igrejas, parte dele automatizado, parte por funcionários contratados nos escritórios da igreja, e parte sendo executada pelos voluntários.

Temos auditores para acompanhar o trabalho das tesourarias das igrejas, onde esse auditor foca sua atuação especialmente na congregação local. O aplicativo do membro chamado 7me tem sido um forte aliado da auditoria, uma vez que é um sistema que desde a doação, passando pelo recibo, e até a contabilização final é todo automatizado. Isso minimiza possíveis erros, diminuindo o trabalho da tesouraria local, e é extremamente eficaz, uma vez que tudo é processado e contabilizado imediatamente.

Transparência

Na sua avaliação, por que a transparência é um ativo importante para uma igreja?

Uma entidade transparente é aquela capaz de se comunicar de forma clara, objetiva com alto nível de confiabilidade, com todos seus colaboradores e clientes, deixando sempre evidente que as ações da mesma respeitam seus valores e seu compromisso com a sociedade.

As igrejas trabalham e dependem financeiramente de doadores, e neste sentido, acredito ser ainda mais importante a transparência para este tipo de entidade.

Em minha opinião, a Igreja Adventista do Sétimo Dia possui alguns ativos intangíveis que são pouco ou raramente explorados – sua confiabilidade, sua transparência e imagem. Podemos falar ainda mais sobre isso em estudos bíblicos,  pregações, momentos de estudos diversos e outros. Enquanto tesoureiro de duas sedes regionais adventistas, no passado eu preguei muito a respeito deste tema. Agora, como diretor de Auditoria da sede sul-americana, posso testemunhar de como a Igreja é transparente e confiável, e estas características, ajudam a quebrar barreiras na pregação do Evangelho.


Referências:

[1] https://noticias.adventistas.org/pt/coluna/felipe.lemos/transparencia-ativa-e-comunicacao/

[2] https://www.revistaadventista.com.br/conferencia-geral-2022/relatorio-da-tesouraria/

Carregue mais artigos relacionados
Carregar mais por Portal Adventista Baixo Guandu Portal Adventista Baixo Guandu
Carregue mais ARTIGOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Falso ou autêntico?

Quem você realmente é diante dos outros? Compreenda mais sobre os impactos disso. A imagem…