Inicial ARTIGOS A Divindade

A Divindade

13 minutos de leitura
0
0
195

Olá amigos. Hoje vamos considerar uma questão profunda: “Quem é Deus?”

Para aqueles que confiam apenas na sabedoria humana, Deus é um mistério – simplesmente uma ideia contra a qual argumentam. Contudo, Deus, em Seu amor e compaixão, revela-se graciosamente àqueles que, através dos olhos da fé, estão dispostos a ver.

Existem duas maneiras principais pelas quais Deus se revela. A primeira é através da Criação. Em Salmos 19:1-4 Davi declara: “Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos. Um dia discursa a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite. Não há linguagem, nem há palavras, e deles não se ouve nenhum som.”

Para aqueles que estão dispostos a ver, a mão do Criador é visível em toda a natureza – desde as estrelas nos céus até às criaturas do mar mais profundo; seu design incrível pode ser visto claramente.

A segunda maneira pela qual Ele se revela é através das Escrituras, e é através das Escrituras que a revelação suprema de Deus é vista através da vida e morte de Jesus Cristo. Através de Jesus, podemos conhecer o Pai. Nós lemos em 1 João 5:20: “Também sabemos que o Filho de Deus já veio e nos tem dado entendimento para reconhecermos aquele que é o Verdadeiro”, e o próprio Jesus disse: “E a vida eterna é esta: que conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” (João 17:3).

Quando buscamos conhecer Deus pela Bíblia, não podemos nos colocar acima de Deus e tratá-Lo como um objeto a ser estudado, analisado e quantificado. Devemos nos submeter à autoridade de Sua autorrevelação: a Bíblia. E a Bíblia é o seu próprio intérprete, quando comparamos Escritura com Escritura.

A Bíblia revela que Deus é autoexistente, pois Ele tem “Vida em si mesmo,” como lemos em João 5:26. Ele é Todo-poderoso e Onisciente, conhecendo o fim desde o início como o “Alfa e o Ômega”, escrito em Apocalipse 1:8.

Deus é onipresente, transcendendo o espaço e o tempo, e ainda assim Ele está plenamente presente em todos os lugares e em todos os momentos – como indicado em Salmos 139:7 e Hebreus 4:13. Deus é Todo-poderoso e nada é impossível para Ele. Ele é imutável e perfeito. “Porque eu, o Senhor, não mudo”, Ele diz em Malaquias 3:6.

Como adventistas do sétimo dia, acreditamos que as Escrituras ensinam que existe um Deus e que este Deus são três pessoas coeternas que trabalham juntas em unidade. Abraçamos totalmente a nossa Crença Fundamental número dois, que afirma:

“Há um só Deus: Pai, Filho e Espírito Santo, uma unidade de três Pessoas coeternas. Deus é imortal, onipotente, onisciente, acima de tudo e sempre presente. Ele é infinito e está além da compreensão humana, mas é conhecido por meio de Sua autorrevelação. É para sempre digno de culto, adoração e serviço por parte de toda a criação.”

Vejamos brevemente o que as Escrituras dizem sobre a Divindade. No livro de Gênesis, ouvimos Deus referindo-se a Si mesmo no plural diversas vezes. Em Gênesis 1:26, Deus declara: “Façamos o ser humano à nossa imagem”. Em Gênesis 3:22, Ele diz, “Eis que o homem se tornou como um de nós, conhecedor do bem e do mal…” e em Gênesis 11:7, ouvimos Deus dizendo: ” Venham, vamos descer”. Algumas referências apontam especificamente ao Espírito Santo, como na história da Criação, onde lemos em Gênesis 1:2, “E o espírito de Deus se movia sobre as águas”. E em Isaías 48:16, vemos as três pessoas da Divindade: “E agora o Senhor Deus [o Pai] e o Seu Espírito [o Espírito Santo] me enviaram [o Filho de Deus].”

A Encarnação de Jesus Cristo é um belo exemplo de como os três membros da Divindade trabalham juntos: O Pai deu Seu Filho (João 3:16), Cristo deu a Si mesmo (Gálatas 1:4), e o Espírito gerou a Jesus (Mateus 1:18, 20).

Cada membro da Trindade esteve presente no batismo de Jesus, com o Pai declarando: “Este é o meu Filho amado, em quem me agrado” (Mateus 3:17); Cristo entregando-se para ser batizado como nosso exemplo (Mateus 3:13-15); e o Espírito capacitando Jesus quando Ele desceu sobre Ele na forma de uma pomba (Lucas 3:21, 22). Pouco antes de Sua morte, Jesus prometeu enviar o Espírito Santo como ajudador (João 14:16) e ordenou que Sua igreja batizasse em “nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo” (Mateus 28.19).

Hoje, o Pai e o Filho chegam até nós através do Espírito Santo. Jesus disse: “Quando, porém, vier o Consolador, que eu enviarei a vocês da parte do Pai, o Espírito da verdade, que dele procede, esse dará testemunho de mim” (João 15:26). E em 2 Coríntios 13:13, temos a linda bênção: “A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo estejam com todos vocês”.

Vocês sabem, amigos, a água é uma substância interessante – ela pode cair em cascatas trovejantes, enchendo lagos e rios que deságuam no mar poderoso. Pode ser congelada, transformando-se em gelo que cobre os polos da Terra, e pode subir como um vapor – frio gelado ou quente. Três formas – líquida, sólida e vapor – e ainda assim todas são uma só substância: água.

Talvez Deus seja um pouco assim – um Deus, mas três Pessoas distintas com características e papéis únicos – todos trabalhando juntos para salvar o maior número possível de pessoas para a eternidade.

Ellen White nos diz: “Há três pessoas vivas pertencentes à trindade celeste; em nome destes três grandes poderes – o Pai, o Filho e o Espírito Santo – os que recebem a Cristo por fé viva são batizados, e esses poderes cooperarão com os súditos obedientes do Céu em seus esforços para viver a nova vida em Cristo” (Evangelismo, p. 615).

Que bela promessa é esta! Não se engane sobre isso. A Trindade divina funciona em uníssono como uma só dentro da Divindade, de eternidade em eternidade. Convido você a permitir que Deus use você para compartilhar esta maravilhosa verdade de um Deus Triúno que está executando Seu plano de salvação para cada um de nós.

Vamos orar juntos agora.

Pai celestial, obrigado pelo privilégio de saber que Deus é o Pai, o Filho e o Espírito Santo, e que todas essas três pessoas trabalham juntas de uma forma poderosa, ajudando-nos em todo este processo de salvação. Agradecemos a maneira maravilhosa como o Senhor nos instrui e nos ajuda a compreender mais claramente as belas características de Deus. Reconhecemos que nunca compreenderemos plenamente toda a magnificência de Deus. Mas o Senhor nos deu uma indicação e estamos muito gratos. Obrigado por nos ouvir. E pedimos todos nós em nome de Jesus. Amém.


Ted Wilson é o presidente mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia

Carregue mais artigos relacionados
Carregar mais por Portal Adventista Baixo Guandu Portal Adventista Baixo Guandu
Carregue mais ARTIGOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Falso ou autêntico?

Quem você realmente é diante dos outros? Compreenda mais sobre os impactos disso. A imagem…