Timing

8 minutos de leitura
0
0
105

Aproveitar o momento certo para realizar um projeto pode ser a diferença do sucesso ou do fracasso; e quando o assunto é comunicar a mensagem de esperança? Saber o tempo de agir pode ser o diferencial para chegar a mais pessoas.

Sábado, 13 de abril de 2024: o Irã ataca Israel e escala a tensão no Oriente Médio; dia 18 de abril de 2024: Israel bombardeia o Irã como “troco” pelo ataque anterior. Nos momentos prévios e posteriores ao acontecimento, a Internet ficou em polvorosa. Particularmente, o X (antigo Twitter) nestes momentos se transforma num verdadeiro tsunami de informações, vídeos, fotos e opiniões dos mais variados tipos. Foi assustador presenciar, mais uma vez, aquele monte de informação em tempo real surgindo na nossa tela.

Nós somos apaixonados por informação. O grande romancista brasileiro Guimarães Rosa disse uma frase que resume muito esta relação: “O homem nasceu para aprender; aprender tanto quanto a vida lhe permita”. Aprender, entre outras coisas, também é ‘segurar’ informação. O que hoje em dia parece ser praticamente impossível, dada a enorme quantidade de fontes de informação que temos. A diferença é que na época de Guimarães Rosa, o livro era a fonte. Hoje, são as telas e as mídias sociais.

E quanto mais a informação é novidade, ficamos ainda mais empolgados para não perder nada. Três manifestações se processam quando estamos imersos em algum acontecimento recente, quando não tiramos os olhos das telas:

  1. O poder da novidade: somos pautados para ter mais interesse, curiosidade e sentidos aguçados quando ela se instala. Pode ser qualquer tipo de novidade, desde uma notícia importante, a chegada de um vizinho ou colega de trabalho, ou simplesmente uma fofoca.
  2. O medo de ficar de fora: o FoMO (Fear of Missing Out) já foi tema desta coluna. A velocidade da informação na nossa era digital provoca uma sensação terrível de que não estar conectados significa que vamos perder alguma coisa.
  3. O Flow: uma das sensações mais impactantes que os meios digitais, a Internet e as mídias sociais nos trouxeram é o flow. É aquela sensação de imersão completa, quando não vemos o tempo passar. É quase que uma ‘concentração desconcentrada’, em que não percebemos que estamos cada vez mais entrando fundo naquilo que nos cooptou.

Este cenário preocupante pode nos servir positivamente. Empresas e influenciadores se aproveitam de momentos como este citado no início do texto para se conectarem com seu público. Análises, campanhas publicitárias ou simplesmente menções aos acontecimentos geram engajamento e prolongam a relevância de quem os utiliza. Chamamos este conceito de “aproveitar o timing”.

Evangelismo em tempo real

Timing é muito útil para nós, que desejamos criar um posicionamento positivo ante nosso público-alvo, como igreja. Dois exemplos muito relevantes mostram como aproveitar o momento certo traz ótimos frutos.

Quando eu era diretor nas áreas de Marketing e Comunicação na igreja do Centro Universitário Adventista de São Paulo (UNASP), campus São Paulo, em pleno ano de 2020 com a pandemia deixando o mundo apavorado, começamos a criar uma série de programas em nossas transmissões utilizando sempre temas escatológicos. Descobrimos em uma pesquisa interna que as pessoas estavam ávidas por consumir conteúdos que poderiam explicar ou conectar os acontecimentos com o futuro do planeta e da humanidade. Foi nesse afã que os sermões de sábado, as vigílias especiais e os estudos bíblicos online fizeram a audiência subir 1.250% em pouco mais de seis meses de reposicionamento do canal.

Outro exemplo é o das mensagens propostas pelo pastor Odailson Fonseca nas mídias sociais. Sempre comentando acontecimentos recentes à luz da Bíblia, inserindo um contexto espiritual a tudo, suas postagens têm alcançado milhares de pessoas, muitas delas de outras denominações e até mesmo as que não são cristãs. Uma verdadeira aula de como aproveitar temas recentes e pregar! A meditação Um Minuto para Sempre condensa diversos destes textos de autoria de Fonseca num movimento transmídia que levará seu conteúdo para mais pessoas.

Você está em dúvida sobre como atingir melhor as pessoas com suas programações, sermões, estudos ou até mesmo nas atividades mais rotineiras de sua igreja ou de sua vida? Aproveite o timing!

  • Projeto Maná 2024

    Detalhes do arquivo O Projeto Maná é um esforço unido da igreja para alcançar o maior núme…
  • Semana da Esperança 2024

    Detalhes do arquivo Setembro é o mês de missão da Igreja Adventista do Sétimo Dia, com a S…
  • Transforme sua herança familiar

    Como quebrar ciclos negativos e criar um legado positivo para as gerações futuras. Decisõe…
Carregue mais artigos relacionados
  • Projeto Maná 2024

    Detalhes do arquivo O Projeto Maná é um esforço unido da igreja para alcançar o maior núme…
  • Semana da Esperança 2024

    Detalhes do arquivo Setembro é o mês de missão da Igreja Adventista do Sétimo Dia, com a S…
  • Transforme sua herança familiar

    Como quebrar ciclos negativos e criar um legado positivo para as gerações futuras. Decisõe…
Carregar mais por Portal Adventista Baixo Guandu Portal Adventista Baixo Guandu
Carregue mais BLOCOS DE NOTÍCIAS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Projeto Maná 2024

Detalhes do arquivo O Projeto Maná é um esforço unido da igreja para alcançar o maior núme…